Perda de cabelo masculino

Também chamada de calvície masculina padrão, ou alopécia androgênica, a perda de cabelo masculino é o tipo mais comum de queda de cabelos.  Na maioria das vezes é causada pelo aumento da sensibilidade aos hormônios sexuais masculinos (andrógenos) em certas partes do couro cabeludo, e é transmitida de geração em geração.

No passado, a calvície era muitas vezes vista como algo infeliz, ou indesejável. Essa visão está na verdade ligada a aparência, já que homens carecas aparentam ter uma idade mais avançada do que realmente possuem.

Porém, atualmente essa visão está completamente mudada, inclusive alguns homens que raspam completamente o couro cabeludo são considerados atraentes e muito modernos.

O que causa a perda de cabelo masculino?

Alguns homens têm áreas no couro cabeludo que são muito sensíveis aos hormônios sexuais masculinos que circulam em sua corrente sanguínea.

Os hormônios fazem os folículos pilosos – a partir dos quais o cabelo cresce – encolherem. Eventualmente, eles se tornam tão pequenos que não conseguem substituir cabelos perdidos. Os folículos ainda estão vivos, mas não são mais capazes de realizar sua tarefa.

A condição geralmente começa em homens de 20 a 30 anos e segue um padrão típico. Primeiramente, um retrocesso da linha de fios se desenvolve, e gradualmente o cabelo no topo da cabeça também começa a ficar bem mais fino.

Eventualmente, as duas áreas de calvície se encontram para formar uma típica forma de U em torno da parte traseira e lados da cabeça. O cabelo que permanece é muitas vezes mais fino e não cresce tão rapidamente como costumava, levando à calvície completa.

A perda de cabelo masculina pode ser impedida?

A perda de cabelo masculino é determinada geneticamente (transmitida pelos pais). Embora um médico possa oferecer tratamento médico para melhorar a condição, isso pode ter efeitos colaterais.

O que pode ser feito em casa?

Você precisa decidir como você se sente sobre a perda de cabelo. A perda de cabelo masculino afeta uma grande parte da população masculina e as pessoas reagem de forma muito diferente a ela, sendo que os maiores problemas costumam ser com a aparência.

É importante tentar aceitar a perda de cabelo como algo natural e, ao invés de tentar camuflar pontos calvos com o resto do cabelo ou uma peruca, provavelmente uma idéia melhor é deixar seu cabelo como ele é, ou raspá-lo completamente.

Se, no entanto, você decidir tentar recuperar o seu cabelo, existem alguns possíveis tratamentos mais conhecidos.

Tratamentos para perda de cabelo masculina

Os tratamentos mais comuns para a calvície masculina são os medicamentos como Minoxidil e Finasteride. O primeiro é um remédio para pressão alta que tem o crescimento de cabelo como efeito colateral, e o segundo é um anti-andrógeno agindo diretamente no bloqueio dos efeitos hormonais que levam á queda de cabelos.

Porém ambos medicamentos tem efeitos colaterais que podem inclusive afetar o desempenho sexual, então não são muito recomendáveis, em vez disto vale a pena usar o suplemento Hairloss Blocker um produto natural e que tem muito sucesso ao evitar a queda de cabelos e até recuperar alguns fios.

Também é possível fazer implantes cirúrgicos, mas alguns casos não conseguem bom resultado. Alguns homens começam o uso de perucas que podem não causar um efeito estético muito favorável. Uma solução mais barata e que não requer cirurgia é a prótese capilar:

O mais importante na queda de cabelos masculina é que ela não cause constrangimentos, nem problemas emocionais, é recomendado aceitar como um processo natural da vida e lidar com os efeitos da melhor maneira possível.

Suplementos podem fazer mal?

Quase todas as pessoas querem emagrecer e, uma das formas de emagrecer rapidamente é com o auxílio de suplementos. Entretanto, você já parou para pensar se esses suplementos fazem mal à saúde? Se o seu organismo o aceita bem? Veja o que dizem os especialistas a seguir!

Os suplementos se tornaram muito comuns no mundo das pessoas que querem emagrecer, ganhar massa muscular ou mesmo manter o corpo. Entretanto, muitos usuários desses suplementos não sabem quais são seus efeitos e os perigosos que se escondem por trás dos frascos. Confira a seguir se os suplementos para emagrecer fazem mal à saúde.

O que são os suplementos alimentares?

Segundo especialistas, os suplementos foram criados para complementar os nutrientes e substâncias que os alimentos, sozinhos, não são capazes de oferecer ao nosso corpo. Portanto, os suplementos são substâncias químicas produzidas para complementar a alimentação. Normalmente, eles são compostos por todas as vitaminas e minerais que o corpo precisa.

Por que devo tomar suplementos?

Os suplementos não devem ser tomados por qualquer pessoa e, tão pouco, receitados (indicados) por pessoas que não são profissionais. Mas se você tem um objetivo certo e seu nutricionista indicou um suplemento, ele pode servir para ganhar massa muscular, ganhar força ou emagrecer.

Qual a maneira correta de tomar o suplemento?

Ainda segundo especialistas, depende muito do objetivo que a pessoa deseja alcançar. Mas antes de tomar é preciso saber como o indivíduo se alimenta, qual a condição de saúde, quais exercícios pratica e em que fase do treinamento se encontra. Portanto, nem todo mundo deve tomar e vai depender das atividades praticadas e principalmente da alimentação feita. Muitas pessoas estão usando o Slim Power com objetivo de emagrecer por exemplo..

Os suplementos fazem mal à saúde?

Os especialistas dizem que se o suplemento for usado da maneira correta, não fará mal à saúde. Entretanto, podemos ver exemplos que se você tomar os suplementos sem a prática de exercícios, o resultado obtido não será o desejado. Alguns rapazes que tomaram os suplementos por conta própria, ou seja, não procuraram um médico antes do consumo e não seguiam uma rotina de exercícios regular sofreram os maus efeitos dos suplementos. Veja aqui uma reportagem bem completa sobre o assunto:

Portanto, a conclusão que chegamos é que se os suplementos forem usados seguindo ordens médicas e aliados a atividades físicas regulares, eles não farão mal à saúde. Por isso, antes de começar a usar todos os suplementos indicados na academia, procure um profissional que lhe oriente da melhor forma possível!